AmazonFACE

Slide 1
Amazônia e mudanças climáticas

Mudanças rápidas no clima da Terra causadas pela queima de combustíveis fósseis e desmatamento representam uma grave ameaça para as florestas da bacia amazônica.

Slide 1
Testando a resiliência da Amazônia

O experimento AmazonFACE é composto por 6 anéis FACE, sendo 3 deles tratamento, com atmosfera enriquecida em CO2, e outros 3 anéis são controle, com a aspersão de ar ambiente, isto é, sem aumento da concentração atmosférica de CO2.

Slide 1
Assista a Apresentação do programa
ReproduzirPlay

AmazonFACE é um projeto inovador para entender como a Floresta Amazônica poderá responder às mudanças climáticas previstas para os próximos anos. Será um dos maiores laboratórios ao ar livre do mundo, e abordará uma lacuna crítica na pesquisa internacional de ciência climática.

Slide 1
Notícias do AmazonFACE
ReproduzirPlay

Acompanhe novidades, notícias, eventos e atividades do AmazonFACE

previous arrow
next arrow

AmazonFACE

O AmazonFACE é um programa de pesquisas científicas que busca resolver uma das maiores fontes de incerteza em relação ao futuro da Amazônia: “Como o aumento de CO2 atmosférico afeta a floresta amazônica, a biodiversidade que ela abriga e os serviços ecossistêmicos que ela fornece à humanidade?” O pivô central do programa é um experimento de campo de alcance sem precedentes que irá expor uma área da floresta madura na Amazônia a uma concentração de CO2 50% maior que a encontrada atualmente na atmosfera.

Programa AmazonFACE

A característica central do programa é um experimento de campo de alcance sem precedentes que irá expor uma área da floresta madura na Amazônia a uma concentração de CO2 prevista para o futuro, em uma estação de pesquisa perto de Manaus, Brasil, usando a tecnologia “Free- Air CO2 Enrichment” (FACE). 

 

Um maior conhecimento sobre o funcionamento da maior floresta tropical do mundo à luz das mudanças climáticas e o uso desse conhecimento para orientar políticas regionais sobre mitigação e adaptação às mudanças climáticas fazem parte do legado que o programa tenta estabelecer.

Componentes do Programa

Carbono

Fluxos e armazenamento de carbono em diferentes tecidos vegetais, na serrapilheira e no solo.

Nutrientes

Ciclagem de nutrientes, sobretudo nitrogênio e fósforo dentro dos anéis FACE e como a falta de fósforo no solo pode limitar a resposta da floresta ao aumento de CO2. 

Água

Aumento de CO2 atmosférico pode afetar condutância estomática e a transpiração das árvores, alterando fluxo de umidade da floresta para a atmosfera.

Biodiversidade

Sendo o primeiro FACE em um ecossistema hiperdiverso, é de suma importância entender como a resposta ao CO2 elevado varia para cada espécie ou tipo funcional de planta tropical.

Impactos socioeconômicos

O aumento de CO2 atmosférico e mudanças climáticas podem impactar a provisão de serviços ecossistêmicos pela floresta para populações da região Amazônica e do mundo.

Integração experimento-modelagem

Fazer uso de modelos computacionais de vegetação desde o início do experimento para formulação de hipóteses e também utilizar os dados de campo para melhor parametrizar e avaliar projeções oriundas desses modelos.