Maior experimento sobre mudanças climáticas em florestas tropicais conclui teste de montagem da 1ª torre

AmazonFACE, liderado por Unicamp e INPA/MCTI, está na vanguarda da ciência e vai medir impacto do gás carbônico na floresta Amazônica; programa recebeu financiamento do governo britânico e do FNDCT

AMAZONFACE

A montagem da primeira torre do AmazonFACE foi concluída nesta sexta-feira (26/8), em Campinas (SP). A etapa é fundamental para avaliação do projeto de engenharia do experimento.

O AmazonFACE é um programa de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) com cooperação internacional que tem o objetivo de investigar como o aumento de gás carbônico atmosférico afetará a Amazônia, a maior floresta tropical do mundo, sua biodiversidade e os serviços ecossistêmicos que fornece à humanidade.

De acordo com os pesquisadores que lideram o projeto, o AmazonFACE é um experimento de fertilização (enriquecimento) por gás carbônico (CO2) ao ar livre na Amazônia e o primeiro desse tipo em qualquer floresta tropical. O projeto é liderado por pesquisadores do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e  do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), unidade de pesquisa do MCTI.

Leia reportagem completa sobre o programa AmazomFACE em Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

Deixe seu comentário

Compartilhe nas redes sociais e apps de mensagens

Leia mais

Siga o AmazonFACE

© 2022 AmazonFACE. Avaliando os efeitos do aumento de CO2 na resiliência da floresta amazônica. Todos os direitos reservados. Website by Marcos R. Pereira.